top of page
  • Foto do escritormktgastroplastia

Dieta Baseada em Plantas ou baseada em proteína animal. Qual é Melhor?



Dieta Baseada em Plantas ou baseada em proteína animal. Qual é Melhor?

Dieta Baseada em Plantas ou baseada em proteína animal. Qual é Melhor?


Alimentar-se exclusivamente de plantas, que terá mais fibras mas também mais carboidratos, ou exclusivamente alimentos de origem animal, com uma porcentagem alta de proteína e gordura e baixa de carboidratos ?



Uma dieta baseada fortemente em alimentos de origem animal vai ter poucas fibras a antioxidantes, nutrientes comprovadamente benéficos e provavelmente sendo ruim para a saúde da microbiota intestinal. Não há evidências para as dietas exageradas em proteínas, sendo a necessidade de uma pessoa média de 0,6 g de proteína por dia.


Uma dieta exclusivamente de plantas, embora possível, é mais difícil de balancear. Embora as plantas tenham todos aminoácidos que necessitamos, não estão na proporção que é necessária e carece de algumas vitaminas (notadamente B12), ferro (o ferro inorgânico das plantas é menos absorvido) e minerais (por exemplo, cálcio).

Se existe algo que falta nos dias de hoje é moderação.


Não é necessário adotar uma abordagem estritamente vegana para manter a saúde; preferimos o termo "baseado em alimentos integrais à base de plantas". Alcançar 70% a 80% da ingestão alimentar a partir de plantas é considerado saudável. Estes 20 ou 30% adicionais podem incluir iogurte, peixe, frango e ovos. A carne vermelha continua sendo controversa, mas estudos mostram que não sendo consumida de forma exagerada e não sendo processada também teria pouca consequência.


Pacientes com diabetes, a mensagem final não se concentra tanto em escolher entre alimentos de origem animal ou vegetal, mas sim no tipo de carboidrato consumido. Fundamental é evitar carboidratos ruins, como açúcares adicionados e grãos refinados, que são de origem vegetal. Reduzir esses os 40% das calorias provenientes destes carboidratos inadequados que em média compõe a alimentação usual é um grande avanço. E trocar pelo que ? A resposta mais saudável é não trocar e sim evitar, já que para longevidade uma restrição calórica moderada é muito benéfica.


Por tanto mais que optar por alimentos vegetais ou animais, siga a recomendação de seguir uma alimentação variada e tente incluir alimentos de alto valor nutricional como ovos, iogurte, peixe, abacates, nozes, castanhas, sementes, azeite, azeitonas, folhas verdes escuras (couve, agrião, espinafre, mostarda), brócolis, grão-de-bico, tempeh e tofu. Comer pouco e com bastante variedade de ingredientes é a regra de ouro !

60 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page